Ir para página principal

Dia do Padre: encontro especial reúne famílias na paróquia Santo Cura Dars

Uma manhã especial de oração e comunhão marcou a celebração do Dia do Padre na Arquidiocese de Belo Horizonte,  sábado, 1º de agosto. Na Basílica Santo Cura Dars, bairro Prado, dom Walmor, os bispos auxiliares, padres e diáconos permanentes reuniram-se com seus familiares para uma bonita homenagem. O Dia do Sacerdote, é celebrado pela Igreja em 4 de agosto. Data que se celebra, de modo muito especial, o patrono dos padres, São João Maria Vianney.
 
O Dom Walmor agradeceu a cada família pela presença. "Quero agradecer, de uma forma muito especial, a cada família que aqui veio celebrar conosco este bonito encontro, pois estamos aqui pela graça de Deus. Lembrando também, com carinho, daqueles que, por algum motivo, não puderam participar. Deus vinvulou nossas histórias de vida e, por isso agradecemos a Ele pelo seu amor e pela possibilidade de sermos amigos. Somos uma grande família".
 
Dom Edson Oriolo conduziu o momento de oração, dizendo que Deus chega até as pessoas por meio da família e da oração. "Em nossas vidas de consagrados, preocupados em levar o amor de Deus aos irmãos, a família é muito importante. É nossa força, nossa raiz".
 
"Hoje celebramos o dia daquele que coloca sua vida a serviço dos outros", ressaltou dom Joaquim Mol. Que também falou sobre a importância de se agradecer a Deus pelo dom da vida dos sacerdotes. " A acolhida dos irmãos neste ambiente tão agradável é um convite para rezar, adorar e agradecer a Deus pela vida e pela entrega de cada um dos diáconos e padres".
 
Durante a reflexão do evangelho do dia, dom Luiz Gonzaga destacou a grandeza do ministério ordenado (bispos, padres e diáconos permanentes) e a importância da família. "Nosso muito obrigado reconhecido e afetuoso, para nossos familiares que diante de nós estão com simplicidade. Que fazem parte da nossa caminhada de tantos anos. A família nos ajuda a sermos maiores aos olhos de Deus".    
 
Dom João Justino disse que na comunhão nos tornamos uma grande família. "Dedicar uma manhã a este encontro é ter a oportunidade de partilhar nossos caminhos, de reforçar nossos vínculos de amizade e amor com a família, tão importante para o exercício do nosso ministério. Este encontro reaviva em nós a esperança".
 
Dom Walmor presenteou as famílias com o Devocionário a Nossa Senhora da Piedade e ressaltou que a publicação é um instrumento de evangelização. "Por meio desses momentos devocionais nosso coração entra em sintonia com o coração de Deus". 

Fonte: Arquidiocese BH