Ir para página principal

Uma nova Paróquia na RENSE: São Domingos!

 No último domingo, 24 de junho, o antigo Curato São Domingos, no bairro Jardim Alvorada, Forania São José (Calafate)/RENSE, esteve em festa! Aconteceu a instalação da Paróquia São Domingos, com celebração presidida por dom Joaquim Mol, bispo auxiliar para a Região Episcopal Nossa Senhora da Esperança (RENSE), e concelebrada pelo pároco, padre Glayson, e padres da Forania.

A história do Curato São Domingos tem origens no século XX, com a família do senhor Theófilo Vieira que em 1925 adquiriu uma fazenda, próximo a Belo Horizonte. Esta fazenda recebeu o nome de Fazenda São Domingos. Os empregados da mesma pediram a Theófilo uma área para que construíssem uma capelinha. Após a morte do senhor Theófilo, a fazenda foi loteada e, possivelmente foram formados os bairros Jardim América e Nova Granada.                                                                                                                            

No início da década de 1940, a capelinha recebeu o nome de Capela São Domingos (em homenagem a terra natal de seus primeiros filhos, São Domingos de Gusmão – hoje padroeiro da comunidade). A primeira missa foi celebrada pelo padre Carlos Domingos de Assis (afastado posteriormente pelo então Bispo Dom João Rezende Costa, por motivos de saúde) passando então a responsabilidade da capela para a Igreja São José do Calafate. Com o tempo a comunidade constituiu a Associação São Domingos, e o grupo de Vicentinos já se reunia na Capela.                                                

Em 1952, a família de Gercilia Gomes Irias mudou-se para a comunidade e desde seus 12 anos de idade atuou como catequista, vindo a falecer no dia 23 de março de 2018.                                                                                                                                                                                 

A comunidade recebeu auxílio para construção de algumas salas que foram alugadas para a Secretaria de Educação. A escola Santa Sofia foi fundada nesta época.                              

Em 1955, jovens do Calafate fundaram o JOC (Juventude Operária Católica), ajudando na formação religiosa juvenil. Antes do dia 08 de agosto (dia de São Domingos) o padrinho da festa era escolhido e recebendo as chaves da comunidade responsabilizava-se por todo o evento.                                                                                                              

Na década de 1960 houve o movimento missionário. Os padres Betharramitas e as irmãs Vicentinas visitaram quase todas as casas objetivando a construção do Cruzeiro no bairro Nova Granada e a Paróquia Sagrado Coração de Jesus.                                                  Em 1964 houve melhoramentos na capela com a atuação intensa do grupo de Congado e em 1965 constitui-se o grupo de Pastorinhas que visitavam os presépios no Natal.                                                                                                                                                                                    Nas décadas de 1980 a 1990 a capela ainda pertencia à Paróquia Sagrado Coração de Jesus, neste período foi constituído o Conselho Pastoral Comunitário, e vários padres atenderam às necessidades eclesiais da comunidade. Muitos deles com o apoio dos paroquianos iniciaram um movimento para a construção de um barracão para usá-lo como salão paroquial. Dentre muitos colaboradores, Dom Werner, os padres Antônio Fernandes Scarpa e Sebastião, e Vicente se destacaram, bem como o padre Léo, nascendo as pastorais: do Dízimo, Batismo e grupos musicais auxiliados pelo Padre Vicente.                                                                                                                                                                        

No início do século XXI, o padre João Batista organizou as atividades administrativas e iniciou o movimento para reforma e construção da igreja dedicada a São Domingos, e a atual igreja é a terceira construída e reformada segundo padre Antonio Scarpa dadas as circunstâncias e necessidades.                                                                 Em julho de 2000 criou-se o mini - conselho com o objetivo de interagir a comunidade com a paróquia, bem como desenvolver cursos de formação para Ministros, Crisma e Catequese. Também se definiram os regimentos internos para os Conselhos Pastoral Comunitário e Administrativo. No ano seguinte houve indicações de representantes de pastorais, grupos atuantes junto à capela São Domingos.                     

Nos anos seguintes (2001-2005) foram realizadas ações para arrecadar fundos para a melhoria da capela: construção de salas, banheiro, cozinha, pintura etc. O senhor Pedro Geraldo Batista e demais profissionais foram grandes responsáveis por toda a construção da igreja e melhorias em sua estrutura.                                                                                     

Padre Euler assumiu as funções eclesiais e pastorais frente a um difícil período já que não havia mais o apoio da paróquia Sagrado Coração de Jesus. Ele se envolveu muito na transição de Capela para Curato.                                                                                                        

Em 20 de fevereiro de 2006 os padres Antônio Fernandes Scarpa pároco da paróquia Sagrado Coração de Jesus – Nova Granada e Marcelo Nicolau Corcelli pároco da paróquia São Jorge – Jardim América na época encaminharam ao Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo o pedido de criação do Curato São Domingos, com parecer favorável das Foranias São José do Calafate e São João Batista. A criação do Curato deu-se em 28 de outubro de 2006. O Curato então foi desmembrado das paróquias Sagrado Coração de Jesus e São Jorge passando a pertencer à forania São José do Calafate e não mais à São João Batista.        Em março de 2013 Dom Joaquim Mol bispo auxiliar da arquidiocese presidiu a Celebração Eucarística em que o padre Cláudio Lúcio Mesquita início o Ministério Pastoral como Cura, substituindo o padre Euler. Neste mesmo mês, aconteceu a primeira reunião entre o Conselho do Curato e o novo padre com o objetivo de reformar a igreja.                                                                                                                                                                    

De 2014 a 2017 foram realizadas diversas melhorias na estrutura da igreja: pintura, rebaixamento gesso, iluminação, bancos. O padre João Maria Vianey de Medeiros, da paróquia São Vicente de Paulo, bairro Nova Suíça foi colaborador nas campanhas para arrecadação de fundos. Em 2017 registrou-se também grande atuação das pastorais da Catequese infantil, Crisma egrupo de jovens.                                                         

Em janeiro de 2018 o padre Cláudio Mesquita é transferido para uma paróquia e no 28 de janeiro deste mesmo ano, o padre Glayson Dias dos Santos iniciou seu Ministério pastoral como Administrador Pastoral do Curato, em Celebração Eucarística presidida por Dom Joaquim Mol.                                                                                                                           

A criação da Paróquia São Domingos se deu no Conselho Presbiteral Arquidiocesano no dia 21 de março de 2018 e sua Instalação ocorreu em 24 de junho deste ano as 09h, com uma belíssima celebração Eucarística presidida também por Dom Joaquim Mol. Nesta celebração o padre Glayson foi nomeado pároco, sendo ele o primeiro pároco desta tão sonhada e querida Paróquia São Domingos.

Fonte: livro de Tombo da Paróquia São Domingos de Gusmão

 (Fotos/Informações: Janaína Gonçalves)

Mais fotos em: https://www.facebook.com/regiaoesperanca/