Ir para página principal

Jovens participam do DNJ na Região Episcopal Nossa Senhora da Esperança

“Juventude e Nossa Casa Comum”. Refletindo esse tema os jovens da Região Episcopal Nossa Senhora da Esperança se reuniram para comemorar o Dia Nacional da Juventude (DNJ), realizado no último domingo, 23 de outubro, no Ginásio no Colégio Franciscano Sagrada Família, bairro Caiçara/BH. Com momentos de oração, louvor e muito entusiasmo os jovens tiveram a presença do bispo referencial para a RENSE, dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, o vigário episcopal Frei Adilson Corrêa, além das equipes que animaram o encontro durante todo o dia. Em uma breve conversa, alguns jovens comentaram o que sentem ao terem participado do DNJ e o que levaram como reflexão das palavras de dom Mol.

 

Frederico – Paróquia Santa Terezinha – coordenador do setor juventude da Forania São Dimas: “Acho que diante do mundo em que vivemos ainda encontramos a forte presença desses jovens nesse encontro aqui, hoje. O coração transborda de alegria ao ver a fé do jovem. Dom Mol hoje nos deixou um exemplo muito prático em sua homilia, disse que nós devemos mesmo gastar o nosso “tênis”, o nosso calçado, ou seja, sair da comodidade, devemos sair em missão e levar a Palavra de Deus como seguidores de Cristo.”

 

Júlia – Paróquia Santa Clara de Assis / Forania São Francisco das Chagas: “O DNJ nos dias atuais é todo em prol da juventude, o mais importante que eu vejo neste encontro é constatar que o jovem deseja se unir mais à Igreja, fazendo essa juventude crescer ainda mais.”

 

Bruna Souza – Paróquia São João Batista / Forania São João Batista: “Participar do DNJ neste ano está sendo diferente para mim, pois a experiência espiritual que estamos tendo aqui, desde o momento em que saímos de nossas paróquias para vir para esse ginásio, é muito significativa. Inclusive, meu grupo de jovens na paróquia está bem mais unido neste ano, estamos desenvolvendo muito mais esse lado jovem, algo bem marcante. As palavras de dom Joaquim Mol hoje foram simplesmente maravilhosas, o que ele nos disse é algo que devemos levar para o resto de nossas vidas, ele falou que precisamos caminhar com nossas próprias pernas, mas jamais perder a nossa fé.”

 

Letícia – Paróquia Divino Espírito Santo / Forania São Sebastião: “Para nós coordenadores, ver todos esses jovens aqui hoje faz valer a pena o nosso cansaço e empenho. Às vezes a gente fica bem desanimado, quer largar tudo, mas ao ver que, mesmo dispersos, nossos jovens ainda sentem vontade de seguir um propósito em nossa Igreja, é uma reflexão muito positiva. O jovem se acha muito pequeno mediante a visão de Igreja que eles tem, mas aí veio dom Mol hoje e citou o exemplo de sermos “Tênis”, um objeto simples, mas muito próximo de nós, do nosso dia-a-dia, então ele nos mostrou que o jovem é importante com aquilo que eles tem, não precisamos ter o mundo em nossas mãos para fazer algo, basta que tenhamos coragem e fé para caminhar.”

(Fotos: Gustavo Sales - Pascom RENSE)