Ir para página principal

Caminhada com Francisco

O Movimento Parque Jardim América convida todos para participar do evento Caminhada com Francisco, que acontecerá neste domingo, 09 de outubro, pelas ruas do bairro Jardim América. Confira o convite:

 

Estamos em plena primavera. Há quase oito séculos São Francisco, o santo protetor dos animais e da natureza, é celebrado. Assim como em 2015, convocamos todos os movimentos que defendem as áreas verdes e o espaço público para o bem comum, os animais e os rios, para somarem com a gente nesta caminhada de apenas um quilômetro, mas com um forte apelo à vida

Esta é a segunda celebração em defesa do meio ambiente que os movimentos pela preservação da vida, em todas as suas formas, celebram em parceria com a Arquidiocese de Belo Horizonte e o Vicariato Episcopal de Ação Social e Política.

O caráter especial que a reveste deve-se à Campanha da Fraternidade Ecumênica deste ano, cujo tema é: “Casa comum, nossa responsabilidade". Celebrando o Ano da Misericórdia, em defesa da vida e da paz, e junto de São Francisco de Assis, protetor dos animais e patrono da ecologia, convidamos para a esta importante celebração com bênção das criaturas. 

Alegra-nos saber que, por iniciativa do Vicariato Episcopal de Ação Social e Política, a celebração do Dia de São Francisco de Assis passará a constar do calendário da Arquidiocese de Belo Horizonte, momento em que todos poderão refletir e se comprometer com a construção de uma cidade inclusiva e de melhor qualidade de vida para a toda a sociedade.

No final da caminhada haverá uma celebração ecumênica com bênção de animais, sementes e mudas. Traga-os para a rua!
Esperamos por você!

 

Sobre o Movimento Parque Jardim América:

O movimento do Parque Jardim América surgiu em 2011 com participação de moradores vizinhos a chácara após tomar conhecimento através do DOM (Diário Oficial do Município), do processo de pedido de licenciamento para o desmatamento da área verde com o objetivo de implantar um empreendimento imobiliário, tendo como interessada a construtora Masb. 

Diante dessa informação os moradores fizeram um abaixo assinado e encaminharam ao Ministério Público de Minas Gerais, bem como a Secretária Municipal de Meio Ambiente, a fim de demonstrar a importância ambiental da área verde em questão, que apresenta vegetação expressiva com espécimes arbóreas de grande porte (arvores centenárias), e grande valor histórico por ser a última área remanescente da extinta fazenda das Goiabeiras que deu origem ao bairro em 1929.

O Ministério Público de Minas Gerais dentro da sua legitimidade e também demonstrando sua preocupação com a preservação do meio ambiente propôs uma Ação civil pública, obtendo uma medida liminar suspendendo a intervenção de qualquer edificação na área até a decisão final do processo. 

No que tange a secretaria Municipal de Meio Ambiente (COMAM), a comunidade não obteve o resultado esperado, sendo aprovado a favor da construtora as licenças Prévia (LP) e Licença de Implantação (LI), causando grande decepção á comunidade.
Embora as licenças foram concedidas, o grupo organizado de moradores & usuários do bairro jardim América e adjacentes pretende resistir ao projeto e vem atuando com reuniões semanais, audiências públicas, e com participação de associações de bairros, movimentos sociais , entidades filantrópicas e espera em breve lotar o plenário CMBH, quando for votado a 4ª conferência Municipal, tendo em vista que a área verde foi votada pelos delegados do meio ambiente por unanimidade pela preservação da área, a votação da conferencia ocorreu em 02 de agosto de 2014.