Ir para página principal

Pascom apresenta portal nacional para formação dos agentes

A Pastoral da Comunicação (Pascom) apresentou nesta quarta-feira, 17 de agosto, o portal que será referência para a informação, formação e evangelização de agentes em todo o Brasil (www.pascombrasil.com.br). A iniciativa é fruto das reflexões dos bispos referenciais de comunicação e coordenadores regionais durante encontro em Aparecida (SP), nos dias 13 e 14 de julho. 
 

O arcebispo de Diamantina (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, dom Darci José Nicioli, explicou o objetivo da iniciativa. “O coração da nossa missão é comunicar, compartilhar, animar a Pastoral da Comunicação. Para isso, era mais do que necessário dispor de um espaço para que os agentes e as comunidades pudessem acompanhar conteúdos relevantes no campo da nossa atuação. O portal tem esse objetivo: promover a convergência de informação e de formação para a evangelização de agentes da Pastoral da Comunicação em todo o Brasil”, disse.
 

A Pascom está organizada em dioceses e paróquias de todos os 18 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). De 14 a 17 de julho, quase 900 agentes da pastoral estiveram reunidos em Aparecida, em São Paulo, para o 5º Encontro Nacional e representavam todas as regiões do país. 
 

O portal web também poderá ser instrumento para que novas paróquias e dioceses organizem a Pascom. “Notamos, pelos pedidos que recebemos em Brasília, que os bispos, o clero e as lideranças das comunidades e paróquias querem ajuda para organizar a pastoral da comunicação. Uma plataforma na internet, sempre atualizada e dinâmica, poderá colaborar bastante na resposta a esse anseio”, afirma o padre Rafael Vieira, da assessoria da Comissão.
 

O portal web da Pascom não é um canal de notícias gerais das comunidades, mas um espaço para a divulgação de conteúdos relacionados à comunicação e à Igreja. Ele está estruturado em quatro eixos de trabalho da pastoral: formação, articulação, produção e espiritualidade. Além disso, há espaço para a atualização das informações a respeito dos projetos e iniciativas, no campo da comunicação, por parte da Secretaria de Comunicação do Vaticano e da CNBB. Há ainda uma ênfase especial no trabalho pastoral feito em dois níveis especiais: Pascom regional e Pascom paroquial. 
 

“Na verdade, já será um grande avanço para o nosso trabalho se conseguirmos mostrar, no portal, o rosto das nossas bases, do trabalho feito pelos agentes em cada comunidade. Queremos mostrar coisas criativas, inovadoras, cheia da alegria do Evangelho”, entusiasma padre Rafael Vieira. 
 

A própria forma de construir o portal e a sua manutenção responde ao objetivo da Comissão da CNBB que é trabalhar em conjunto. “A elaboração do portal foi realizada gratuitamente por uma agência católica, que também doa a hospedagem e atualizações técnicas, mas o trabalho está aberto a todas as outras agências que quiserem participar e colaborar. A manutenção dos conteúdos será de responsabilidade dos coordenadores dos regionais e a supervisão da assessoria da Comissão da CNBB”, explica padre Rafael. 
 

Até o dia 31 de agosto, a Comissão aguarda as críticas que forem enviadas com sugestões para que o portal fique ainda melhor e mais útil. As pessoas que quiserem colaborar podem enviar suas sugestões para portalpascombrasil@gmail.com.

(Fonte: http://www.arquidiocesebh.org.br/site/noticias.php?id_noticia=13481)