Ir para página principal

Comunicação e Misericórdia foi tema do 6º e-Pascom

"A Pascom é o setor mais importante da comunicação. Os outros meios (rádio, TV, assessorias de comunicação e marketing) também tem que fazer pastoral da comunicação. É realizar a ação evangelizadora por meios próprios de cada um.” Com essas palavras, dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, e responsável pelo Vicariato Episcopal para a Comunicação e Cultura, deu início ao 6º Encontro Arquidiocesano de Pastoral da Comunicação, nesse sábado, dia 14 de maio, na Paulinas Livraria, em BH. Antes de prosseguir com suas palavras sobre o tema do encontro, dom Joaquim Mol relembrou a importante atuação da Irmã Maria Alba, foi ela quem deu os primeiros passos para articular essa pastoral na Arquidiocese, nas Regiões Episcopais e nas Paróquias.



Dom Joaquim Mol prosseguiu com suas palavras apresentando brevemente a equipe de coordenação da Pascom Arquidiocesana, que por sua vez é composta pela coordenadora em nível de Arquidiocese e os profissionais de comunicação contratados por cada Região Episcopal. Ele ainda mencionou a importância de ter em cada paróquia uma equipe de comunicação. A necessidade de trabalhar os meios de comunicação na ótica do Papa Francisco: “Vamos desfrutar das palavras do Papa. Vamos pensar a Misericórdia de Deus nos meios de comunicação. Precisamos dialogar a mensagem sem violência nas redes. Vamos ser misericordiosos!”. Finalizou dom Mol, criando uma aproximação ao tema do evento: "Comunicação e Misericórdia – Um encontro Fecundo", carta do Papa Francisco escrita para o Dia Mundial das Comunicações Sociais.



O Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, gravou uma mensagem especial para os participantes do e-Pascom e foi apresentada logo após a fala de dom Joaquim Mol. Dentre suas importantes palavras, ele afirmou: "Confio muito nos trabalhos da Pascom nas paróquias da nossa amada Arquidiocese de Belo Horizonte. Confio nessa articulação bonita que fazemos em nossas Regiões Episcopais. Que possamos formar uma grande rede cada vez mais forte no anúncio do amor de Deus". (vídeo completo: http://www.arquidiocesebh.org.br/baixar/e_pascom.mp4)



Após o momento inicial do e-Pascom, os participantes assistiram a palestra da jornalista Gerlice Rosa, Doutora em Linguística do Texto e do Discurso. Gerlice apresentou aspectos importantes sobre a análise do discurso. Para ela, essa análise parte da preocupação que precisamos ter na consciência pelo outro, pois, comunicar significa partilhar e, acima de tudo, saber escutar. “A comunicação se pauta pelo próximo. Acolher o outro. Essa é uma forma de produzir os sentidos entre aqueles que se comunicam. A relação entre duas pessoas se torna uma dimensão do sinal da misericórdia, pois é aí que nos propomos a escutar a outra pessoa.” Gerlice afirmou, ainda, que esse pensamento pode ser um paradoxo, mas é possível pensar dessa maneira como produtores de conteúdos que somos.

 


Em seguida, após o intervalo, foi apresentado o palestrante do segundo momento do encontro: Vinícius Rangel, jornalista, produtor da Record Minas, e membro da Pascom da paróquia Santo Antônio – Vila Belém (Forania São João Bosco/RENSE). Vinícius mencionou que é preciso aproveitar o que a tecnologia nos propõe atualmente. “É importante perceber as novas possibilidades de comunicação, as novidades que surgem nesse meio. Aplicativos...novas ferramentas...etc.” Ele destacou novas possibilidades nas formas de fazer comunicação nas equipes de Pascom.



Ao final de cada palestra os participantes puderam comentar sobre o assunto exposto e partilhar as experiências vividas em suas equipes de comunicação nas paróquias. Após o encontro eles também comentaram o que acharam do evento: “Achei o encontro extremamente proveitoso. Foi a primeira vez que participei. A introdução, que mostrou a importância das falas do Papa Francisco, em sua carta, sobre Comunicação e Misericórdia, nos faz pensar a unidade. Todos nós somos evangelizadores, e o evangelizador é comunicador por excelência. A parte teórica nos fez pensar que muito daquilo que foi falado nós já identificamos nos trabalhos da Pascom, a nossa relação com o “comunicar”. E por último, a prática do processo de comunicar a Pastoral da Comunicação mostrou experiências concretas. Gostei muito de como foi organizado este evento: os temas das palestras, as palavras de dom Mol, a notável participação dos profissionais de comunicação da Pascom Arquidiocese, enfim, foi tudo muito interessante. Não foi somente leigo falando sobre o assunto, não foi somente graduado expondo sobre o tema, e nem apenas padres. Houve uma diversificação. Gostei da maneira como tudo foi conduzido, a interatividade nas redes sociais de forma instantânea. Tudo muito proveitoso. Me motivou ainda mais a continuar os trabalhos em minha paróquia” Disse Janaína Vieira, membro da equipe de Pastoral da Comunicação na paróquia Santa Clara da Piedade (Forania São Francisco das Chagas/RENSE).



(Por Janaína Gonçalves - Pascom RENSE
Fotos: Gustavo Sales - Pascom RENSE)